Núcleo de Pós-graduação e Pesquisa indica livro para estudantes de Direito

(Divulgação)

O Núcleo de Pós-graduação e Pesquisa (NPP) da Faculdade Novo Milênio indica, aos estudantes do curso de graduação em Direito, a leitura do livro Ius Scriptum: o Direito e suas Interdisciplinaridades”. Há exemplares na Biblioteca da faculdade, disponíveis para emprestados ou fazerem a leitura lá.

O Ius Scriptum – expressão em latim que significa “Direito Escrito” – trata-se de uma coletânea de artigos e ensaios produzidos por graduados, professores pesquisadores do curso de Direito e convidados, com o objetivo de informar, divulgar e incentivar atividades de pesquisa no meio acadêmico, em especial no campo científico da área jurídica.

A obra, publicada em 2012, faz parte dos resultados do incentivo da Novo Milênio à produção acadêmica. Dentre os organizadores, está o Coordenador do curso de Direito e do Núcleo de Práticas Jurídicas (NUPRAJUR), professor Renato Possatto Lyra.  A compilação também contou com a participação dos professores Matheus Guerine Riegert e Diego Pimenta Moraes.

Segundo Renato, o livro é muito importante e foi o “Marco Zero” para a Iniciação Científica no curso de Direito.

“Foi o primeiro livro publicado pelo curso de Direito. Ele foi concebido com alguns artigos e trabalhos realizados por professores e alunos da Novo Milênio, contando com o subsídio de uma grande empresa à época”.

A Coordenadora do NPP, professora Rafaela Domingos Lago, explicou que o Núcleo é um instrumento importante de incentivo para que os professores e alunos publiquem os conhecimentos produzidos.

“É o caso do Ius Scriptum. Além dos livros que nós publicamos, coletâneas que são organizadas, também temos duas revistas científicas: a Revista Acadêmica Novo Milênio e a Revista Espaço Transdisciplinar, que são outras formas de publicação de Trabalhos de Conclusão de Curso, de resultados de pesquisas de Iniciação Científica. Assim, nós circulamos esses conhecimentos produzidos tanto no ambiente acadêmico quanto para toda a comunidade, pois o acesso a esses conteúdos fica disponível para todos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *